Os filósofos pré-socráticos: uma re-leitura crítica

“Neste artigo aborda-se de modo crítico os assim chamados filósofos pré-socráticos, com destaque para: Tales de Mileto, Anaximandro de Mileto, Anaxímenes de Mileto, Xenófanes de Colofón, Heráclito de Éfeso, Pitágoras de Samos, Parmênides de Elea, Zenão de Elea, Empédocles de Acragas, Filolau de Crotona, Anaxágoras de Clazomene, Arquelau de Atenas, Melisso de Samos, Leucipo de Mileto, Demócrito de Abdera e Diógenes de Apolônia.  Discorre-se sobre o interesse primário destes filósofos, voltado para a formação do mundo e do universo, uma tendência cosmológica que busca a explicação da totalidade do mundo exterior, deixando em segundo plano a discussão da problemática humana. Coube a estes filósofos o rompimento com a explicação mítica então reinante, de origem religiosa e popular, sobre o mundo e a Natureza, buscando por meio de suas filosofias uma explicação racional para o mundo circundante, por tal motivo passaram a ser também conhecidos como filósofos da Natureza ou físicos (no sentido de “physis”).”

>>>CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD DO ARTIGO COMPLETO<<<

Anúncios